Bem -vindo ao meu blog!!! fique a vontade e se der, comente sobre o que leu aqui. Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, basta entrar em contato comigo pelo email.

19 de nov de 2011

Cantores Farsantes nas Décadas 80-90?

Você sabia que aquele cantor que você sempre gostou pode não ser o dono da voz que você está ouvindo?
Cantores e Farsantes
Isso é uma coisa que hoje em dia quase nunca se vê e até seria caso de perseguição pela mídia, mas saiba que a duas décadas atrás as coisas não eram bem assim.
Os cantores originais eram simplesmente substituídos por modelos. Ou porque eles estavam fora de forma, ou não tinham uma imagem comercial ou porquê a intenção era ganhar mais dinheiro diversificando a voz em várias bandas ao invés de só uma.
Abaixo segue uma lista de cantores e farsantes famosos.



Milli Vanilli (Fab Morvan e Rob Pilatus - RIP)
Tudo isso veio a tona com a decadência de uma dupla muito famosa nos anos 80 nos EUA chamada Milli Vanilli. A dupla foi desmascarada após um erro no playback do "vinil" durante uma apresentação na MTV gringa.

Eles não conseguiram continuar a apresentação mesmo com todo mundo pedindo para eles continuarem a cantar (no gogó) e daí todo mundo desconfiou. Logo veio a tona que na verdade as vozes nos discos não eram deles e assim como rapidamente ficaram famosos, rapidamente caíram na desgraça. 
O empresário após isso formou uma banda com os cantores originais chamada "The Real Milli Vanilli" e o que deveria ter sido o segundo album da dupla, virou o primeiro album do novo grupo. Abaixo um treço do show dos caras.


A coisa ficou tão feia que um dos integrantes da dupla de dubladores cometeu suicídio (Rob Pilatus).


Black Box: Dubladora (Katrin Quinol) e Cantora Original (Martha Wash)
Toda essa confusão era muito comum desde a década de 80 onde as cantoras originais emprestarem suas vozes para diversos grupos.

Um exemplo de substituição devidoa  estética aconteceu com Martha Wash (Weather Girls - It's Rainning Man) que emprestava sua voz para muitos grupos famosos sem levar o crédito por isso (Black Box, C+C Music Factory, etc.) mas que depois foram desmascarados quando Martha Wash entrou na justiça atrás de seus direitos. Isso sem contar que os fãs da Katrin Quinol ficaram chocados ao saber que além de só dublar as músicas do Black Box "ela" ainda era HOMEM (mas isso nunca foi confirmado oficialmente).

A farsante:

 A verdadeira:

Ainda nos anos 80, o Technotronic estourava ao som de Pump The Jam e a cantora Felly fez um enorme sucesso. Não demorou muito para as pessoas descobrirem que a real cantora era uma andrógena que mais parecia um menino de 14 anos chamada Ya Kid K. A modelo sul africana Felly apenas dublava as canções e nem sabia falar inglês. Por isso ela esboça uma cara estranha o tempo todo no clipe de Pump the Jam. Logo depois do grande sucesso das músicas cantadas pela Ya Kid K eles chamaram a própria dona da voz para gravar os próximos videos.

Playback: Felly.

Cantora verdadeira: Ya Kid K


http://www.youtube.com/watch?v=a6xDiPubxVU
recomendo tmbém assistir Get UP (Before the Night is Over)

Mas essa "moda" de empréstimo de voz não parou por aí:

A eurodance (febre dance dos anos 90) usufruiu muito disso. Como as bandas de eurodance estavam fazendo muito sucesso com o estilo na Europa e demais continentes, logo a coisa começou a se espalhar e daí para a criação de bandas em massa foi um pulo. Os empresários começarama  multiplicar uma mesma cantora em diversas bandas. Como? Muito fácil: colocavam a voz da cantora em diversas modelos pagas para dançarem e rebolarem enquanto dublavam a cantora original. As donas das vozes nem apareciam nos videos ou tours da banda, apenas a modelo. Juravam de pé junto que a voz que ouvíamos era da mesma pessoa que estava dançando no video, o que não era verdade em alguns dos casos.

Isso não era uma coisa que acontecia em todas as bandas, mas posso citar alguns exemplo conhecidos na década de 90:

Abaixo duas brasileiras que usaram deste artifício e hoje são ícones da eurodance:

A Dona da voz:

Jenny Bersola
Na verdade a voz da Feline (playahitty) e da Corona pertencem a mesma cantora. A cantora em questão é Jenny Bersola. Vocês podem conferir o trabalho dela bem como a lista de cantoras e bandas que usaram a  voz dela clicando no link abaixo (dá para ouvir um pedaço das músicas também):


Além disso achei este video com uma performance da Jenny ao vivo a frente da banda Overload.


Outra banda que usava muito desse recurso na década de 90 era a banda eurodance E-Type. Eles tinham várias cantoras, mas elas quase nem apareciam nos seu videos, apenas a Dee (que só era dançarina) aparecia nos videos dublando as vozes de todas essas cantoras.


Detalhe: cantora original da banda (Nana Hedin) era "gordinha"

Esses são apenas os que eu lembrei/sei. Ainda deve ter muita gente falsária nesse ramo. hehehe
Abraços.

2 palpites:

Junior Junior disse...

vc esqueceu da J.K

Anônimo disse...

Ainda tem Real Mccoy, com Karin Kasar como a real voz e dublando Pasty Petersen nos sucessos Runaway e outros.
A corona foi a maior das farsas nos anos 90.

Postar um comentário

Seu comentário será analisado. Críticas serão bem vindas, mas apenas dentro de um nível de aceitação normal.

 
Related Posts with Thumbnails